Diferenças entre Iluminação Difusa, Direta e Indireta

Na hora de decorar um ambiente, a escolha do tipo de iluminação, se Difusa, Direta ou Indireta, é um ponto muito importante, já que para cada local, uma dessas três opções poderá se encaixa melhor, pois a iluminação aplicada em uma sala de escritório não é a mesma a ser usada em uma sala de estar. Hoje vamos explicar a vocês a diferença entre estes três tipos de luz, e após isso, a sua escolha na hora da decoração vai se tornar mais simples e certeira.

Iluminação Difusa

Essa iluminação consegue se expandir por todo o ambiente, mas não de forma exagerada, pois ela se torna atenuada, já que possui um filtro que pode ser de vidro ou acrílico – esse filtro cobre a lâmpada, retendo assim um pouco da luz para que ela não se torne tão forte ou incomoda aos olhos. Ela também decora o ambiente, já que o seu filtro possui alguns formatos diferenciados. É a escolha perfeita para a sala de estar e quartos, pois ela traz a iluminação completa de uma forma agradável.

Para locais que possuam superfícies brilhantes ou até mesmo televisão, a iluminação difusa será a escolha perfeita, pois não haverá reflexos com os objetos. Em casos como esse, as Luminárias de Embutir e Sobrepor são as melhores opções.

Iluminação Direta

A iluminação direta é perfeita para evidenciar a decoração, focar em determinados espaços ou até mesmo ter uma boa luz para uma leitura agradável, pois sua luz te possibilita focar em pontos específicos do ambiente.

Esse tipo de luz é a escolha certa para laboratórios, mesas de jantar, locais de leitura, na cozinha para a produção de alimentos, em balcões onde são feitas as refeições e principalmente escritórios, onde é muito utilizado o computador.

Para a luz direta, spots, abajures e pendentes são a melhor opção.

Iluminação Indireta

Diferente da luz direta, a indireta não quer evidenciar um ponto especifico, mas sim iluminar o ambiente como um todo. Sua luz é direcionada em uma superfície, que se recomenda que seja clara, e assim é refletida por todo o espaço, conseguindo assim iluminar o local de forma ampla. Ela também traz uma sensação de aconchego, principalmente se a iluminação for escolhida na cor amarela.

A iluminação indireta costuma ser usada em sancas com fita de LED ou até mesmo em pontos no chão.

Já deu para perceber que mesmo todas tendo o foco de iluminar, a luz direta, difusa e indireta são bem diferentes uma da outra, não é?

Qual dessas opções se enquadra melhor em seu ambiente?

Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.